Carregando...
48 anos

Contadores experientes

Atuamos nos processos envolvidos a estratégias e projeto dos nossos clientes, adequando-os às necessidades reais e legais dos seus negócios e do seu mercado.

Quero abrir empresa Quero trocar de contador

Notícias

Notícia

Hospedagem de site: o que avaliar antes de contratar

A gente vai te dar umas dicas que vão te ajudar nessa decisão. Duas informações importantes que você precisa ter à mão: o tamanho do site que pretende colocar no ar e o que esperar do volume de acessos. Elas serão essenciais para uma boa escolha.

COMO ESCOLHER A MELHOR HOSPEDAGEM DE SITE?

1) GRATUITO OU PAGO?

Depois de comprar o domínio que você vai utilizar (o endereço), chegou a hora de decidir como escolher a melhor hospedagem de site. Se você tem um blog médio ou pequeno e que vai servir como um cartão de visitas para mostrar o seu trabalho, um site gratuito pode dar conta do recado. Vale lembrar que a migração de um site gratuito para um pago, nem sempre é uma operação fácil. Portanto, é preciso levar em conta a sua projeção de crescimento. Se ela for possível a curto ou médio prazo, vale a pena investir, logo de cara, em uma hospedagem paga. Se trabalhar com comércio eletrônico, a opção paga será sempre melhor. Até por oferecer suporte 24 horas por dia, o que nem sempre acontece com as opções gratuitas.

2) TAMANHO DO SITE

De acordo com o tamanho do seu site, você precisará de maior ou menor espaço de armazenamento para tudo o que vai colocar dentro dele. É preciso avaliar se a empresa de hospedagem oferece o que é necessário para que o seu site possa ir ao ar com folga, uma vez que, no decorrer do tempo esse espaço muito provavelmente vai crescer. Dependendo do objetivo do seu site, você precisará de muito ou pouco espaço de armazenamento para os arquivos que inserir nele. Independente de qual seja, é sempre recomendável que você contrate o serviço mais adequado às suas necessidades. Porém, se a necessidade é pequena, é preciso avaliar o melhor pacote que se adeque à sua empresa. É como um pacote de celular. O ideal é que você só pague pela quantidade que estiver utilizando. Assim, evitará custos maiores do que as suas possibilidades.

3) VOLUME DE ACESSOS

Muitos serviços de hospedagem têm limite de tráfego mensal. Aqui, também dá para comparar com um plano de celular. Após uma quantidade estipulada de acessos, o servidor vai cobrar por novas visitas, ou o que é pior, deixará de exibir a sua página. Por outro lado algumas empresas oferecem tráfego de dados ilimitados. São sempre os melhores, inclusive para evitar riscos desnecessários.

4) SUPORTE E SEGURANÇA DE DADOS

Este é outro fator decisivo na hora de decidir com escolher a melhor hospedagem de site, principalmente nos casos de comércio eletrônico. Problemas acontecem e, via de regra, sempre nas horas mais indesejadas. Manter o site fora do ar por muito tempo certamente trará prejuízos, com a interrupção das vendas. Um suporte rápido é essencial para que a operação transcorra com o mínimo de problemas possível. A segurança dos dados também é imprescindível. Tanto as do seu negócio como de seus clientes. Sites não seguros são um obstáculo para que uma compra seja realizada. Nesse caso, não vale a pena economizar.

5) CARREGAMENTO RÁPIDO

Um fator que passa muitas vezes despercebido é a localização do servidor. Via de regra, quanto mais longe ele fica, mais demora para para que as páginas sejam carregadas. Empresas com servidores fora do Brasil costumam cobrar preços competitivos, mas o carregamento pode ser mais lento. Vale lembrar que o Google, por exemplo, prioriza as páginas que carregam mais rapidamente. Justamente para oferecer uma melhor experiência aos seus usuários. Pode parecer apenas um detalhe, mas faz toda a diferença para quem acessa a página. Afinal, quantas vezes você já trocou de site porque ele demorava a carregar. Isso, durante uma compra, pode ser um erro fatal.

SAC DIGITAL WHASTAPP